Radar RVI – NF-e

Radar RVI – NF-e

Radar RVI – NF-e

O Radar RVI – NF-e traz uma solução inovadora para automatizar totalmente o processo de recepção dos XMLs de NF-e de entrada, extraindo-os dos e-mails, realizando as validações junto ao Sefaz e integrando as suas informações de forma completa através do Radar Compras ou MTFiscal.

Para garantir segurança ao processo de entrada, a empresa deverá baixar o arquivo XML recebido do seu fornecedor, guardá-lo em local seguro, submetê-lo à validação junto ao site do Sefaz. Para isto, precisa entrar no site, acessar a página correta, digitar o código verificador, digitar o código de barras de 44 posições que está no DANFE e, se estiver válido, digitar os dados do mesmo no sistema de entrada, ou selecionar o arquivo e integrar ao seu ERP.

O Radar RVI – NF-e é uma solução que automatiza todo o processo de Recepção, Validação e Integração de NF-e, baixando o arquivo XML do servidor de entrada de e-mails, armazenando-o em local apropriado, submetendo-o ao teste junto ao Sefaz através de web services e, por fim, disponibilizando-o na tela de entradas no Radar Compras ou MTFiscal para que seja processada a integração. O único trabalho do usuário em todo processo é processar a integração do arquivo XML, com a garantia de que este arquivo listado para integração é um XML válido, ou seja, a NF-e está homologada.

Esta solução proporciona agilidade e segurança a todo processo de entradas de NF-e, seja ela realizada por uma empresa de contabilidade através do MTFiscal ou por qualquer outro tipo de empresa através do Radar Compras.

 

7 PERGUNTAS & RESPOSTAS SOBRE O RADAR RVI – NF-E:

1. O que é o Radar RVI – NF-e?
Radar RVI – NF-e é o módulo do ERP Radar Empresarial que faz a recepção, validação e integração das notas fiscais eletrônicas.

2. O que é recepção de nota fiscal eletrônica?
Uma empresa além de emitir notas fiscais eletrônicas, que são arquivos digitais, também as recebe. Assim, ao receber um arquivo eletrônico da nota fiscal, a empresa está fazendo a recepção deste arquivo. A legislação obriga as empresas que emitem nota fiscal eletrônica, realizar o armazenamento dos arquivos recebidos.

3. O que é validação de nota fiscal eletrônica?
A legislação obriga ainda que a empresa que faz a recepção de nota fiscal eletrônica realize a consulta da mesma por meio da internet, para verificar se o arquivo é realmente válido. Para realizar a validação é necessário digitar um código de 44 dígitos, além de um código de verificação (chamado “captcha code”).

4. O que é integração de nota fiscal?
Após realizar a recepção e validação da nota fiscal eletrônica, a empresa necessita entrar com os dados da nota em seu sistema de gestão ou fiscal, a fim de registrar a entrada da mercadoria, ou seja, necessita integrar a nota fiscal eletrônica ao seu sistema. Então, o que faz o Radar RVI – NF-e? O Radar RVI – NF-e automatiza estes três processos. Faz a recepção, validação e integração de forma automática.

5. Como é possível realizar a recepção de forma automática?
Simples! Basta que a empresa tenha um endereço de e-mail válido, sendo ideal que tenha um exclusivo para realizar o processo de recepção. O Radar RVI – NF-e passa a ler esta conta de e-mail direto de seu servidor (servidor de e-mail POP3), monitorando a chegada de arquivos XML (arquivos de nota fiscal eletrônica). Encontrando um destes arquivos, faz a sua extração do e-mail e o disponibiliza em pasta específica, para posterior consulta.

6. Como é possível realizar a validação de forma automática?
Normalmente, ao receber uma nota fiscal eletrônica, a empresa precisa localizar o DANFE (documento auxiliar da nota fiscal eletrônica), acessar o portal da nota fiscal eletrônica na internet e digitar os 44 dígitos da chave de acesso da NF-e. O Radar RVI – NF-e, após a recepção, através de serviços de internet (web services) disponibilizados pela Receita, realiza automaticamente a consulta de validação junto a receita, sem intervenção manual alguma. Os arquivos validados são disponibilizados automaticamente na base de dados da empresa que recebeu o arquivo da nota fiscal eletrônica. Caso não seja validado, o sistema guarda o arquivo em local específico, tendo inclusive gravado o motivo pela não validação.

7. Como é possível realizar a integração de forma automática?
Após a recepção e validação, não há necessidade de digitar as notas fiscais eletrônicas se a empresa possuir o módulo Radar Compras ou MTFiscal. Os arquivos validados ficam disponibilizados em cada base. Assim, basta selecionar o arquivo já validado e comandar a importação destes arquivos. O sistema solicitará apenas as conversões fiscais como do CFOP de saída para o de entrada. Com isso, tem-se a garantia de se tratar apenas NF-e com validade e elimina-se a digitação dos dados da nota.

 

REQUISITOS


Radar RVI – NF-e;
Conta de e-mail POP3;
Certificado digital tipo A1

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *